Sentir Medo Por Ser Mulher

adolescente deprimido chateado deitado no sofa chorando abracando os joelhos 1163 3877 - Sentir Medo Por Ser Mulher

Sentir medo por ser mulher é a pior coisa que existe.
Sentir medo é natural, é humano. O tempo todo sentimos medo vendo um filme de terror, por exemplo, medo de irmos mal em alguma prova na faculdade ou em entrevistas de emprego. Sentimos medo de perder entes queridos ou mesmo perdemos o amor de nossa vida.
Mas sentir medo por ser mulher, apenas nós sabemos o que é e sabemos que esse sentimento nos dá sensação de impotência total.
Cresci em uma família machista e sexista e mesmo quem se diz “liberal”, quando surge a oportunidade de minimizar uma mulher e humilha-la, faz questão de fazê-la sentir que deve se submeter aos homens e que isso é natural. Pois vou lhes contar um segredo que já não deveria ser: não é nada natural!
Há alguns anos atrás, se alguém me dissesse que um pai ou marido bateu na sua mulher ou filha por causa de alguma situação, eu sempre tentaria entender o que aconteceu e se realmente a mulher “não tinha culpa” por ter ocorrido aquilo com ela. Porém, há pouco tempo percebo o quanto esse pensamento é maldoso e que nunca, isso mesmo, NUNCA temos culpa. A culpa sempre está no agressor, seja essa agressão física ou verbal. E se alguém na sua vida faz ou fala coisas para “te por no seu lugar”, quero que saiba que o seu lugar é ONDE VOCÊ QUISER e ninguém deve determiná-lo.
Viemos de uma geração ferida pelo patriarcado e o nosso dever é lutar com todas as forças quando algo acontece, portanto, se você conhece alguma mulher ou você mesma já sofreu/sofre pelas mãos de alguém que você “ama” e vice-versa, deixa eu te falar: ele não te ama. Porque quem ama não bate, não fere, em nenhuma circunstância.
Ame-se mais e olhe mais por quem está ao seu lado se necessário. Briga de marido e mulher se mete a colher sim! Seja essa colher uma interferência física, verbal ou policial (Disque 180 em caso de necessidade de denúncia).
Um beijo no coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *